A partir da próxima janela de transferências que abre no dia 19 de junho, as equipes chinesas poderão gastar até 45 milhões de yuanes (cerca de R$ 18 milhões) para atletas estrangeiros e 20 milhões de yuanes( quase R$ 9 milhões).

Com essa aprovação as equipes Brasileiras que sofriam com o “assédio” dos clubes da Super Liga Chinesa(CSL), como foi o caso do Corinthians e Santos, poderão ficar mais tranquilas.

Esta norma drástica se deve aos altos salários e transferências gigantescas feitas para jogadores estrangeiros, principalmente oriundos da América do Sul. Com isso as equipes vão ter um nível mais linear sem discrepância entre os plantéis.

Na última janela de transferências o Shanghai Shenhua, ofereceu para Tevez cerca de 38 milhões de euros por ano, algo em torno de R$ 110 milhões o que lhe tornou o jogador mais bem pago do mundo.

 

Anúncios